mais ou menos como Oiticica, só que mais marginal do que herói...

.atenção! os textos encontrados neste blog estão protegidos pela lei de direitos autorais nº 9.610 de 19.02.1998. Não copie sem permissão.

.influences
  apartamento 25
  fucktherapy
  moezbert
  isadora


.histórico
  15/12/2013 a 21/12/2013
  17/11/2013 a 23/11/2013
  29/07/2012 a 04/08/2012
  27/05/2012 a 02/06/2012
  13/05/2012 a 19/05/2012
  25/03/2012 a 31/03/2012
  12/02/2012 a 18/02/2012
  18/12/2011 a 24/12/2011
  20/11/2011 a 26/11/2011
  13/11/2011 a 19/11/2011
  06/11/2011 a 12/11/2011
  23/10/2011 a 29/10/2011
  02/10/2011 a 08/10/2011
  18/09/2011 a 24/09/2011
  11/09/2011 a 17/09/2011
  04/09/2011 a 10/09/2011
  28/08/2011 a 03/09/2011
  21/08/2011 a 27/08/2011
  14/08/2011 a 20/08/2011
  07/08/2011 a 13/08/2011
  31/07/2011 a 06/08/2011
  12/06/2011 a 18/06/2011
  29/05/2011 a 04/06/2011
  14/11/2010 a 20/11/2010
  29/08/2010 a 04/09/2010
  11/04/2010 a 17/04/2010
  24/01/2010 a 30/01/2010
  13/12/2009 a 19/12/2009
  26/07/2009 a 01/08/2009
  12/04/2009 a 18/04/2009
  08/02/2009 a 14/02/2009
  04/01/2009 a 10/01/2009
  21/09/2008 a 27/09/2008
  31/08/2008 a 06/09/2008
  29/06/2008 a 05/07/2008
  01/06/2008 a 07/06/2008
  25/05/2008 a 31/05/2008
  18/05/2008 a 24/05/2008
  11/05/2008 a 17/05/2008
  04/05/2008 a 10/05/2008
  06/04/2008 a 12/04/2008
  30/03/2008 a 05/04/2008
  23/03/2008 a 29/03/2008
  09/03/2008 a 15/03/2008
  02/03/2008 a 08/03/2008
  27/01/2008 a 02/02/2008
  06/01/2008 a 12/01/2008
  09/12/2007 a 15/12/2007
  02/12/2007 a 08/12/2007
  25/11/2007 a 01/12/2007
  04/11/2007 a 10/11/2007
  14/10/2007 a 20/10/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  23/09/2007 a 29/09/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  29/07/2007 a 04/08/2007
  22/07/2007 a 28/07/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  08/07/2007 a 14/07/2007
  01/07/2007 a 07/07/2007
  17/06/2007 a 23/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  31/12/2006 a 06/01/2007
  24/12/2006 a 30/12/2006
  17/12/2006 a 23/12/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  17/09/2006 a 23/09/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  07/05/2006 a 13/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  23/04/2006 a 29/04/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  05/03/2006 a 11/03/2006
  26/02/2006 a 04/03/2006
  12/02/2006 a 18/02/2006
  05/02/2006 a 11/02/2006
  29/01/2006 a 04/02/2006
  22/01/2006 a 28/01/2006
  15/01/2006 a 21/01/2006
  01/01/2006 a 07/01/2006
  25/12/2005 a 31/12/2005
  18/12/2005 a 24/12/2005
  27/11/2005 a 03/12/2005
  20/11/2005 a 26/11/2005
  13/11/2005 a 19/11/2005
  06/11/2005 a 12/11/2005
  30/10/2005 a 05/11/2005



 
 
 

15.12.13

        o adeus é mudo

e a dor é faminta

  a morte surda

         curta foi a vida...




 | envie



 

 

19.11.13 só saudade


tenho saudade

  saudade de ter saudade

 do tempo que o tempo passava

       da rua que ali estava

           nua onde eu navegava


    sinto a falta que a falta faz

      o dia curto que findou-se atroz 

   a saudade que ficou pra depois

do canto que calou a voz


  quem sabe um dia a noite fique

     inteira pela metade

  fique um pouco mais que ontem

              que amanhã só tem saudade...




 | envie



 

 

 

30.7.12 vazio


                  sinto uma coisa

                   nas entranhas

                  um peito deserto

                        contraponto,

                 descompasso,

           injúrias e juras de amor,

     tristeza tamanha,

            destroços,

                 dor pela encruzilhada,

                   um desejo incerto

                         quase puro,

                             de não sentir 

                                   quase nada...

 

 

 

 




 | envie



 

 

31.5.12 dor

me sinto como o resto do mundo
o fundo do fundo do fundo
onde fica tudo não que não está mais
que não serve, que já existiu demais...




 | envie



 

 

 

14.5.12 a luz incide


a cada rastro de luz

a poeira flutua

no espaço vazio

do silêncio que tremula


são tardes de mil sóis

mil pés do oceano

longe há muitos nós

a sós o amor morre insano.

 




 | envie



 

 

28.3.12 invade


é um vazio que bate

               é uma dor

              é uma morte

                    um corte profundo

         fundo que arde

             a alma tange

        o anseio invade

        a cada instante





 | envie



 

 

14.2.12 morte

o inesperado
 o aflito
  o oculto
   aquilo que está lá
    no escuro que ninguém vê
     a morte
      quieta e surda.




 | envie



 

 

22.12.11

 nua
    a 
vida
    segue
crua

sem
  paixão

sem
 vitória
solidão
  sem
   memória




 | envie



 

 

22.11.11

tato
 pelo
qual
  tanto
    traço
      sozinho

  toque
 frio
   traz
  teu
    teso
      espinho

   treze
      olhos   
    tortos
      traçam
        meu 
         caminho.




 | envie



 

 

14.11.11


os riscos são fundos

  presentes em cada corte

forte o traço que marca

   na pele a hora da morte


  sem voz o grito ecoa

    vazio pela solidão

  apertadas as mãos tão frias

      sangram os verbos da despedida


  sobre os olhos fechados

   o véu da vida esvaída

     falta até o silêncio

  cortejo de cores sombrias

 





 | envie



 

 

 

11.11.11 scratches

            cinza estou
       aos pedaços
   seco e oco
         em pequenos cacos
              no espelho o rosto
                 amarelo que sorri
                   de modo estranho
                          enquanto
                             dentro
                                 aqui
                                    me
                                      desfaço
                                           e
                                            sonho



com ela...



que é como uma princesa de Kurosawa numa tela do Portinari...

 




 | envie



 

 

 

24.10.11 saudade

morrem os pássaros rubros
quando o céu é pura saudade
sobre a terra o passo cinza
agoniza o peito que arde...

 




 | envie



 

 

7.10.11 full of emptyness

                    as palavras são só silêncio

                          de vozes emudecidas

               perdidas em cada esquina

                                  da vida que me sorri


         quieto o escuro abriga

              os desejos de mil amantes

            distante a cidade grita

               em seus olhos com diamantes


                              o brilho longe e calmo

                       distinto em poucas memórias

                    habita um mundo ferido

                doente em formas tão belas


                         daqui a observo

                    linda de poemas profundos

                                   cálida e sem tato

                 tácita ao resto do mundo


 




 | envie



 

 

 

5.10.11 oco

quero gritar, 
  mas não posso
 quero voar,
 mas não sei
   quero sentir,
     mas sou oco,
  um pouco reflito,
    e sua falta
        me vem...


 




 | envie



 

 

 

22.9.11 la passion + présence

os dias já são longos
as tardes são calmas
os olhos vão cinzas
no peito da alma


penso nela e sigo em silêncio...



 




 | envie



 

 
coisas antigas